Desligar, para ligar

Há seis meses atrás (já passaram seis?!) decidi sair do Facebook. Pensei que ia ter um desafio pela frente, pois embora não o usasse muito, gostava de partilhar coisas interessantes e ver também outras coisas que algumas pessoas partilhavam.
Nunca imaginei que fosse tão fácil sair. Em nenhum momento algum destes seis meses senti falta de lá entrar, ler ou escrever. Pelo contrário, libertou-me mais tempo para fazer outras coisas interessantes.

Há aproximadamente um mês atrás dei mais um passo, desliguei o twitter. Gostava do twitter, muito mais do que o facebook. Mas senti que me fazia perder imenso tempo com banalidades, coisas que até podiam ser interessantes, mas que na verdade não acrescentavam nada de valor à vida. Foi-se. Não sinto falta.

Agora dei um outro passo. Vender o smartphone e desligar o serviço de internet no telemóvel. De volta a um simples Nokia, que faz o que é preciso, com bateria que dura duas semanas e onde escrevo rapidamente :)

Tem sido um desligar progressivo, mas para atingir uma ligação mais valiosa, aquela com o mundo à nossa volta, à vida, às pessoas. Somos levados a acreditar que precisamos de ter, ver, saber tanta coisa… na verdade não precisamos de quase nada. A vida é simples :)

Anúncios

3 thoughts on “Desligar, para ligar

  1. Já não desenvolvo para BB. Mas não, não sinto falta para pesquisar ideias, pesquiso quando estou na secretária dedicado ao computador. Fora isso, prefiro ter a atenção noutros lados :)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s